terça-feira, 27 de março de 2007

A estrela de Schumacher

Schumacher pode virar dono de equipe na fómula 1, comprando a Toro Rosso, como estão especulando; sinceramente não sei mais o que pensar sobre essas recaídas da F1 pelo seu grande amor, falo assim por que mesmo sendo recente a aposentadoria de Micheal, parece que está difícil demais preencher a vaga do "Cara". Alonso é bicampeão, competente na pista e aspirante a gênio/lenda/excepcional como queiram chamar, mas está longe de ser unanimidade. É antipático com os fãs, e prefere desferir declarações arrogantes e as vezes estúpidas às colocações inteligentes e provocativas como faziam campeões prévios como Schumacher, Jaques e Piquet; ao Kimi, o outro protagonista, falta o título; perdemos Montoya; ou seja, parece que a F1 precisa de Schumacher, nem que seja atrás da mureta, para que seja um evento completo, especial. É como Marlon Brando, que um dia foi o maior, e que foi requisitado para fazer Superman e ganhou uma fortuna pra ficar alguns minutos na tela; com ele o filme era maior, tinha mais credibilidade, ganhava brilho e com certeza foi mais fácil de vender.

2 comentários:

Ronaldo Groo disse...

Belo trabalho Razor, gostei do teu texto e teu blog é graficamente bonito, convido vc a entrar no meu também. Ah e me de sua autorização pra por seu blog como blog amigo no meu.
Ronaldo.

Ronaldo Groo disse...

Só esqueci de postar o endereço, rs, www.bliggroo.blig.ig.com.br
vi teu post no blig do gomes.