segunda-feira, 26 de março de 2007

Nas palavras de Caetano: Onde está você agora?


Depois da vitória do companheiro na etapa de abertura Felipe ficou em segundo plano em todos os meios que falam de F1, e até feliz voltou ao Brasil e se internou em uma fazenda para fazer preparação fisica, e provavelmente preparação mental, para a prova da Malásia. Talvez com os holofotes voltados novamente ao finlandes Massa poderá encotrar ai um ótimo caminho para reação no campeonato, que depende mais dele do que qualquer membro de equipe ou adversário, afinal mesmo com toda a pressão em cima do Kimi, este parece não se abalar com nada, então mesmo que agora ele seja o favorito e sendo o piloto em que todos estão jogando as fichas, da toda a pinta que isso não irá afetar em nada seu desempenho.
Esse ostracismo súbito em que Felipe se encontra agora reforça o fato que ele ainda tem que se firmar na categoria, conquistar resultados, "ganhar moral" mesmo. Isso se faz na pista, em corrida, em nenhuma outro lugar. O jornalista Flávio Gomes da Espn e do site Grande Prêmio coloca sempre o "ufanismo global" em pauta, e concordo plenamente com ele, isso pode ser uma faca de dois gumes para o piloto e para o público, este pode ficar frustrado e descontar no piloto (vide Rubinho) e o piloto pode ficar vislumbrado com sua condição de ídolo. No final das contas o que vale é o que foi dito no início do parágrafo, é na pista que Felipe tem que ser massa.

2 comentários:

hussan disse...

esse ano eh um ano chave para a história da F1, esperamos conquistas e muitas alegrias do massinha!

grande abraço, Ali

Maximo disse...

Vim visitar o blog por causa da sua súplica, quer dizer, divulgação no Blig do Gomes...

bons textos, equilibrados e bem-humorados.
parabéns pelo blog...

agora é minha vez de implorar, quer dizer divulgar o meu blog...

abs