terça-feira, 17 de abril de 2007

Vitória em tempo.


Grande vitória de Felipe Massa no oriente médio. Depois de errar na Malásia (mesmo assim chegando em quinto, o que ninguém lembra), foi detonado pela mídia e acredito por ele mesmo. Sinceramente achei que poderia afetar seu trabalho, e nos primeiros treinos livres parecia que ele ia amansar um pouco. Kimi estava babando nos treinos. Depois Lewis. Veio a classificação e Felipe foi o melhor nas três seções. Recado dado. Ele queria a vitória e mostrou que podia.

Não me surpreedeu na largada, já que sempre foi bem nas largadas como eu disse antes aqui no blog; diferente de seu companheiro Kimi que nas duas corridas perdeu sua posição na largada, esqueceram? Aguentou a pressão de um Hamilton mais leve e com a moral em alta nas voltas antes do primeiro pit. Mesmo depois do pace-car (eu sei que é safety-car, mas por razões nostálgicas gosto de chamar assim) ficou na liderança. De um modo geral haviam muitos carros na mesma balada e a corrida deu a pinta que ia ser cheia de disputas. Mas depois das paradas a maioria dos carros ficou onde estava mesmo.

Massa abriu uma vantagem grande depois da primeira parada e sem querer soar muito otimista passou a impressão de ter um carro no mesmo ritmo das Mclaren e o que abriu da equipe inglesa foi conseguido no braço...

Depois da segunda parada fez a melhor volta com o tanque cheio e pneus duros.


Ganhou com autoridade e com todos os pilotos dos melhores times na pista. Assim como fez Alonso e Kimi.
Ou seja foi uma importante vitória para ele nesse campeonato, não foi mais espetacular nem mais suada que as outras duas do campeonato, mas não foi menos; o que mostra que a Ferrari e Mclaren vão brigar ponto a ponto pela liderança. E temos mais um candidato, Lewis Hamilton com seu terceiro pódio empatou em pontos com Kimi e Alonso.

Briga interessante com Couthard, Weber, Trulli e Rubinho. Couthard conseguiu chegar e passar Fisico antes de ver seu motor estourar. Nick Hieldfeld tomou a quarta posição de Alonso numa ótima ultrapassagem. Hieldfeld acordou nesse campeonato, depois de ficar conhecido por ser rápido e depois sumir, esse alemão acordou depois de ver seu companheiro Kubica ser coroado a grande promessa da F1. Antes da chegada de Hamilton é claro.
Ficamos então com o campeonato com três pilotos dividindo o primeiro lugar nos pontos. Alonso, Kimi e Lewis com 22, Massa com 17 e Hieldfeld com 16.

Para Massa foi umas das melhores combinações que poderiam ocorrer, já que entre seus concorrentes quem tinha menos fez mais pontos e quem tinha mais pontos fez menos. Agora acho que Massa reafirmou sua moral, apesar de menos pontos ele tem uma vitória e duas poles. Melhor que todos. Que o campeonato continue e venha mais briga!


Algumas chicotadas sobre a corrida.


- Ainda é muito difícil ultrapassar na fórmula 1.


- Não dá pra saber quem tem o melhor carro, Ferrari ou Mclaren.


- Não dá pra saber quem tem o pior carro, Spyker ou Honda.


- Decididamente, ruim com Galvão pior sem ele.


- Fomos poupados de "Robinho"


- Cleber Machado precisa olhar para a pista, é la que é a corrida, pois não viu Hieldfeld passando Alonso.


- Luciano Burti poderia ser bem melhor comentarista.


- Kimi às vezes parece tão indeferente que nos faz perguntar se ele queria mesmo ser piloto de F-1.


- Alonso não aprontou nada, na verdade não correu nada. Por que?


- Não vale mais a pena falar da Honda


- Tá pelo menos uma vez: Button deveria ter ido para a Willams?


- O desempenho da Renaut mostra que ela é a maior decepção do ano. Seja com o carro, seja com os pilotos.


- Massa, com duas poles e uma vitória, não deve mais nada para o Kimi, pelo menos nesse campeonato até agora.


- Lewis Hamilton é bom.


- Fernando Alonso ainda é melhor. Ainda...


- Rubinho sabia ultrapassar e brigar, esqueceu na Ferrari.



Abraços a todos!





2 comentários:

Ron Groo disse...

Grande Sakher, é bom ver um texto novo teu. Sobre a parte em que você pergunta se Kimi queria ou não ser piloto. Bem a informação que temos é que sim...Ele queria ser piloto de provas de uma fabrica de vodka. E o Rubinho ainda sabe ultrapassar. O dificil é achar um carro mais lento que o dele para que possa ocorrer tal fenomeno.
abs
Ron Groo
www.bliggroo.blig.ig.com.br

Maximo disse...

Prezados, este campeonato provavelmente será o pior em pontos na carreira de Rubens, mas vai servir pra provar que a Ferrari atrapalhou a carreira do moço.

eu fico imaginando, como fazer para manter a motivação sabendo que não pode vencer?

acho que é mais negócio andar lá no miolo mesmo, e parece q é isso q o Rubens está re-descobrindo