sábado, 8 de setembro de 2007

Esse espanhol fala muito, mas anda que é uma barbaridade...

Humilhação total. Foi mais ou menos isso que a Mclaren fez com a Ferrari em plena pista de Monza. Fernando Alonso na pole colocou mais de meio segundo em cima da Ferrari mais rápida, a de Felipe Massa. Meio segundo é muita coisa, e pra piorar na casa do adversário, e pra piorar de novo no meio de um novo escândalo envolvendo as duas equipes, e pra piorar mais uma vez bem no momento que a Ferrari esperava dar uma reagida após a dobradinha na Turquia.
E na verdade não existiu disputa, em nenhum momento Felipe Massa e Kimi Raikkonen deram alguma pinta de que iriam brigar pelas primeiras duas posições. Na verdade Raikkonen não conseguiu nem segurar a quarta posição, prejudicado por andar com o carro reserva após destruir seu carro nos treinos livres horas antes da classificação. Vale esperar o que acontece na largada, se pelo menos os carros vermelhos roubam alguma posição, por que nem em ritmo de corrida eles parecem ter chances.

Já que tempo está escasso nesse sábado, mando as chicotadas de uma vez:

- Teve cara de recado dado: no meio de todo o escândalo de espionagem, e até com seu nome envolvido, Alonso dominou seu companheiro de equipe e imprimiu um ritmo desde os treinos livres digno de seu talento.

- Alonso demonstrou que quer ganhar de qualquer jeito esse título, e pelo visto vai correr com mais garra nessas últimas etapas. Hamilton que se cuide.

- Raikkonen mais uma vez esteve às voltas com o azar, já que trocar de carro horas antes da classificação custou à ele pelo menos a quarta posição do grid.

- Button pela segunda vez no ano levou a Honda à super pole, grande feito do inglês, mas mesmo Barrichello mostrou que a equipe japonesa se deu bem com essa pista. Agora vamos ver como eles vão se sair na corrida.

- David Couthard, Ralf Schumacher e Giancarlo Fisichella tomaram mais uma lavada de seus companheiros de equipe. Péssimo momento pra Schumacher e Fisichella, cada vez mais perto de abandonarem seus atuais assentos.

- Felipe Massa sempre deu declarações realistas, quando sabia que se carro era rápido declarava e mostrava na pista. Dessa vez queimou a língua ao sair em defesa do desempenho da equipe italiana para essa etapa, dizendo que a Ferrari era mais rápida do que parecia. Um dos carros perdeu para a BMW.

- Alguns não apontavam a Ferrari como favorita por que a pista de Monza, mesmo sendo um circuito velocíssimo não tem curvas de alta. Estavam certos.

- Mas acredito que pouca gente esperava essa lavada que a Ferrari tomou na classificação. E com Michael Schumacher e Luca di Montezemolo in loco.

Abraços.

2 comentários:

Felipe Maciel disse...

É, rapaz, a Ferrari assustou e o Hamilton tambem. Alonso ta provando seu valor e quer ganhar o campeonato a qualquer custo...

Abraçao

gil disse...

O que ta faltando é um pega entre Hamilton e Alonso, uma ultrapassagem, ok, sairia faísca, mas que ia ser bom ia:P