terça-feira, 18 de setembro de 2007

Massa fora, Raikkonen quase.

Caminhando para um imprevisível final a Fórmula 1 vai embora da sua "terra santa" Spa para aterrizar em solo novo, o GP do Japão na pista de Fuji, onde nenhum dos pilotos atuais andou com um Fórmula 1. Kimi saiu como o novo rei de Spa, conquistando a terceira prova seguida nessa pista e ainda se distanciou de Felipe Massa.

Já havia dado como carta fora do baralho qualquer piloto da Ferrari, mas Raikkonen se encontra agora 13 pontos atrás de Hamilton e 11 de Alonso. Massa está 20. Todos agora falam que a Ferrari deveria se concentrar em Raikkonen para brigar com as Mclaren, e até Felipe parece que declarou que faria isso sem problema. Um fim de campeonato frustrante pra o brasileiro. Andou muito bem no início do campeonato, se apagou, e quando voltou a ter um ritmo melhor encontrou seu companheiro afinado com o carro. Mesmo assim não vejo grande ameaça de Raikkonen pra cima dos pilotos da Mclaren, esses pontuaram em todas as corridas salvo uma. E se um quebrar ainda tem o companheiro bem à frente de Raikkonen. No fim das contas é mais provável que Raikkonen e até Massa encontrem problemas nas próximas três corridas do que Alonso ou Hamilton.

Seguem as chicotadas da corridas com atraso:

- Se houve uma chance para Felipe Massa largar atrás e conquistar uma vitória era nessa corrida. Larga bem, andou rápido nos treinos e ia ficar uma volta a mais na pista antes do pit stop do que Raikkonen. Na corrida não teve ritmo e deixou Raikkonen abrir 5 segundos.

- E assim o brasileiro continua tendo apenas vitórias conquistas a partir da pole position. Um estigma ruim para um postulante ao título mundial.

- Felipe, assim como os locutores globais, queria deixar a impressão que andava mais rápido que Raikkonen, mas será que o finlandês não estava apenas administrando a corrida nas voltas finais. O brasileiro reclamou que seu carro não tinha equilíbrio na traseira. E o acerto antes da corrida não é responsabilidade dele?

- Alonso é o favorito? Ainda coloco minhas fichas em Hamilton.

- Além disso torço mais para o inglês já que Alonso conseguiu conquistar a antipatia de todos. E melhor dois campeões do mundo correndo do que apenas um.

- Grande show do cara mais chato da Fórmula 1; zerinho de Raikkonen foi cena memorável.

- Grande pilotagem de Nico Rosberg, não tanto pelo sexto lugar mas pelo abismo que existe entre ele e seu companheiro de equipe.

- O pelotão do meio continua apagadíssimo, veteranos como Ralf Schumacher, Trulli e Fisichella estão em fim de carreira, mas Webber, Liuzzi e Wurz, mesmo mais novos, parecem que estão passeando na pista.

- Alonso e Massa estavam no maior papo antes do pódio, nem parecem aqueles dois que trocaram ofensas tempos atrás. Nada melhor do que estar àpenas dois pontos do líder do mundial para renovar o astral de um piloto.

4 comentários:

Ron Groo disse...

Bussines...´Por isto éque Massa e Alonso papeavam tanto.

Confraria 96 disse...


Muito fácil e muito monótono.
Mas a largada de Alonso e Hamilton foi legal...

Felipe Maciel disse...

Acho que o Massa vacilou na estratégia. Foi só colocar pneus macios que o carro melhorou o rendimento e ele virou a volta mais rápida da corrida.

Deu bobeira o Massa...

Hassan Nasser disse...

Ainda aposto forte em Alonso Ali, se voce ver o retrospecto do ano, realmente houve uma empolgacao sobre o Hamilton desde o comeco, e sejamos francos, apesar de ser um otimo piloto, ele tem como base a equipe que o tem como "afilhado", e eh a aposta principal e o grande "protegido" do chefe do time. Tambem nao gosto muito de Alonso por ter esse jeito antipatico, mas ele tem um poder incrivel nas pistas, mostra que realmente tem talento, eh como Pete Sampras no Tenis, ninguem gostava dele, todos torciam pro Agassi em seus grandes duelos, mas a vitoria de Sampras era inevitavel. Nao comparo Hamilton a Agassi nesse duelo, mas confio que Alonso tem uma habilidade incrivel nas pistas, e assim que os patrocinadores mostraram a insatisfacao do tratamento do time ingles com o Asturiano, a regra do jogo mudou, e vimos isso na ultima ultrapassagem dele sobre Hamilton, e ate mesmo nas ultimas corridas.
Portanto meu voto, para esse ano fica com Alonso. No ano que vem, como todo Brasileiro espero que Massa mostre um melhor desempenho, mas vai ser dificil, com Hamilton, Alonso, e agora Kimi se encontrando melhor na equipe e no carro, e ainda na grande BMW, que vem mostrando estar se preparando para uma grande temporada no proximo ano. Pois eh, esperemos que o Piquet, ou qualquer outro brasileiro escondido ai mostre que existe em algum futuro proximo, uma luz nesse tunel tao escuro que passou a existir apos a morte de Ayrton Senna...