quarta-feira, 20 de junho de 2007

Menino gosta de pipa, piloto gosta é de avião a jato.

"Tão maduro, tão consciente, tão humilde, são coisas que todo mundo diz de um piloto quando ele começa. Daqui a três anos ele não será mais tão humilde em seu jato particular."
A melhor frase da semana, provavelmente a melhor do mês.
Muito legal essa chuva de informações da net; num dia que não encontrava assunto interessante o suficiente para despejar no blog me deparo com esse comentário irônico desferido por David Couthard publicado no site Amigos da Velocidade. E a quem ele estaria se referindo? Lewis Hamilton! Ele de novo...
Eu não engulo muito essa adoração de todos pelo jovem britânico. Claro que ele se mostrou muito afável, sorridente e até maroto. O que está acontecendo com ele "é tudo de bom", é só festa. Entrou sem obrigação alguma ao lado do bicampeão, dirigiu como poucos e não tinha nada a perder. Mas(sempre esse mas) já viu que o céu não é sempre azul quando se sentiu preterido na corrida em Mônaco e daí não pareceu tão "minino" depois do pódio.
Acredito no óbivio, que a vida acaba sempre endurecendo até o mais puro dos corações. Imaginem então essa vida de piloto de Fórmula 1.

Abraço.

3 comentários:

Ron Groo disse...

Dor de cotovelo na f1 agora tem nome: Lewis Hamilton...
Brincadeira o que se quando algém está por cima. Todo mundo critica.
Você já leu a crônica que pus no meu blig sobre a vitória do Hamilton ao som de Centerfold?
Vê lá!

Pantaneiro disse...

Na minha opinião, o Lewis Hamilton esta parecendo o jogador de futebol "kaka", faz um tipo "politicamente correto", só que na F1 não da pra fazer isso com constancia, todo mundo sabe que tem hora que vc tem que falar umas besteiras pra poder ter vantagem dentro da equipe. Se o cara crescer e se tornar um Genio (Não to dizendo que é o caso do Hamilton), Vai ter um momento que ele vai vetar um companheiro na Equipe, vai ter hora que vai trocar de equipe por grana e assim este tipo bonzinho acaba. A frase do Coulthard realmente é muito interessante, e a sua frase final também foi bastante feliz.

Felipão disse...

Pode ser que sim, Pantaneiro. Até porque, historicamente, tem se tornado um fator recorrente.

Vamos ver até onde isso vai...