quarta-feira, 30 de maio de 2007

Deu muito pano pra manga

A coisa tá indo mais longe do que eu pensava. O caso polêmico da Mclaren sobre ordens no último domingo levou Bernie Ecclestone se manifestar dizendo que se a equipe inglesa for considerada culpada da investigação sobre ordens de equipe que são proibidas deveria ter seus pontos conquistados na corrida anulados além de sofrer uma multa.
"Eles poderiam ser excluídos do campeonato ou poderiam ter seu pontos deduzidos".
Sinceramente não imaginei que o lance entre Alonso e Hamilton iria gerar tanta discórdia. Ecclestone disse ainda que se realmente foi mandado a um dos pilotos ficar onde está ou dar passagem ao outro piloto a equipe então foi contra "todas as regras do esporte que nós temos". Ele acredita que pelo dinheiro que a Mclaren tem uma multa é uma penalidade muito leve para equipe. O homem está irado ao que parece.
Agora será que é para tanto? Depende. Existem estratégias e estratégias. Se Hamilton iria fazer um pit stop e depois o fizeram parar uma vez a mais só para não passar Alonso realmente ficou feio para a Mclaren; de resto são meras suposições. Poxa vida, Alonso é bicampeão, a equipe confia mais nele para segurar as pontas mais pro final do campeonato, então não vai fazer estratégias que o privilegiem? Situação complicada. Talvez se não fosse permitida à Ferrari ter feito tantas jogadas nos útlimos anos tudo isso não iria parecer um pouco exagerado, até cínico. Esperaram Schumacher ir embora para transformar a disputa em algo justo e nobre? Agora é tarde.

2 comentários:

Pantaneiro disse...

Isto é só promoção pra F1. Bernie é especialista neste tipo de ação... Vamos ter um periodo de 14 dias sem corrida, estamos vindo pra américa do Norte....tem que inventar alguma coisa pra criar polemica.

Pantaneiro disse...

Pronto....agora é oficial. A Mclaren não será punida, pois não acharam nada de irregular na estratégia da equipe. Realmente a FIA deve ter feito uma investigação "profunda" pra chegar a este resultado "surpreendente".