domingo, 27 de maio de 2007

Fácil, extremamente fácil

Eu esperava uma prova monotóna mas não tao chata como foi essa etapa em Mônaco. Antes da primeira parada Alonso já estava dando volta em cima de retardatário. Deu volta em todos menos seu companheiro e em Felipe Massa, que chegou mais de um minuto depois da bandeirada para Fernando Alonso. Lewis Hamilton em segundo imprimiu um ritmo ao espanhol que talvez não fosse necessário dada a vantagem dos dois, mas ele não quer dar mole e enquanto Ron Dennis deixar vai ser assim mesmo.
Na largada Felipe saiu bem mas Hamilton fechou a porta até de maneira brusca, sendo novamente agressivo na medida. O brasileiro ainda acompanhou o ritmo da equipe inglesa no começo mas depois da primeira parada a diferença cresceu absurdamente. Não sei se Felipe não quis forçar, ou se seu carro não estava equilibrado, mas simplesmente a velocidade da Mclaren em relação à Ferrari foi obscena. Resta Felipe explicar o por que de uma desvantagem tão grande.
Fisichella mostrou fôlego e levou seu Renault ao quarto lugar. BMW com estratégia esquisita logo atrás e Alexander Wurz surpreendente em 7º. E Kimi Raikkonen fechando os pontos beliscando unzinho. Saindo em 16º fez uma corrida limpa mas ficou retido atrás de Button e Wurz, sem muito mais a poder fazer. As Honda largaram nos pontos e depois largaram os pontos.

Chicotadas em breve...

Abraços!

2 comentários:

Ron Groo disse...

É, eu não gosto desta música do Jquest, mas ela caiu como uma luva...
Aparece pô, eu já nem sei se posso inscrever você na proxima corrida absurda que eu fizer..
Abraços
Groo

Felipe Maciel disse...

Essas chicotadas já estão virando tradição...

A McLaren tinha a vantagem dos entre-eixos curtos, propícios para curvas lentas, ao contrário da Ferrari. Por isso, a situação ficou favorável à McLaren nesta corrida.

Abrços